quinta-feira, 22 de julho de 2010

A pessoa perfeita

Sabe quando você encontra aquela pessoa que você diz… agora sim! Você acredita que é a pessoa perfeita… é tudo que sempre quis… tem os mesmos gostos que você, é um alguém companheiro, faz você se sentir a melhor pessoa que existe! Até nas características pessoais vocês são iguais!
OK! Ela parece ser tudo que você sempre sonhou! Acontece que a pessoa perfeita também é uma pessoa muito difícil!
Você gostaria que esta pessoa tão maravilhosa nunca tivesse sido de mais ninguém a não ser sua… queria que tivesse vindo dentro de uma caixinha de presentes com um lindo laço vermelho e um cartão escrito “feita exclusivamente para você”!
Você não quer saber de determinadas situações que ela já passou, mas ao mesmo tempo quer saber o que já aconteceu com ela… faz mal, mas às vezes julga necessário!


Acontece que para esta pessoa ser tudo isso que ela é hoje, ela precisou passar por tudo isto que passou! Ela foi moldada para ser assim como ela é no presente! Ela é assim, desta maneira apenas para você… outras pessoas, outras situações, serviram de degrau para que ela chegasse até você… e não pense que é porque você sempre esteve no topo! Não… vocês subiram esta escada juntos, um de cada lado, passando por situações, por momentos, por sentimentos que os levaram a se encontrar, lá em cima, quando os dois já passaram o que tinham que passar para este encontro acontecer.
Você percebe que às vezes é necessário se fazer de bobo, de desentendido.. e não pense que é ser falso! É ser tolerante, relevar… porque não pode se apegar ao que passou! Se for dada tanta importância ao passado, não se vive o presente e não deixa o futuro chegar! E o passado só tem importância porque fez de vocês o que vocês são hoje!


E não pense em ter raiva ou ciúmes de quem fez parte da vida desta pessoa! Sinta gratidão! Apenas isto! Pois estas pessoas o deixaram assim, para você… Não se irrite com situações embaraçosas ou desagradáveis que ela tenha passado… certas coisas são melhores nem saber… aí é necessário entrar o bom senso e a conversa! Essas situações serviram também para deixá-la assim… como você queria… do seu jeitinho… do seu número… como tinha que ser! Lembre-se sempre… Você também subiu a escada! Você também usou os degraus!

2 comentários:

  1. Acredito que nessa época você estava muito feliz. Texto interessante, me fez refletir.

    ResponderExcluir
  2. O texto "A Pessoa Perfeita" do meu blog não era pra ninguém diretamente e o fiz depois da minha última relação. Sim eu estava feliz, assim como estou hoje. E fico mtooo feliz tb em saber que meus textos tb te fazem refletir, assim como os seus para mim. Amo vc

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Colagens com Papel

O Jardim