sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Deusa Amazônia




Perfeição e atitude
De séqüitos, cépticos e sépticos.
Proclamam salvação
Encontram solidão.

Imagens distorcidas
Querem fazer crer
Num mundo desorientado
Preocupação não há em preservar.

A fé no futuro é maior
Realidade, imagem vã.
Crer é vital arte de poetas e
Sonhadores...

Há uma deusa entre as matas
Faz parte dela como o ar...
Nos rios, riachos correm alaridos
Salvação premente e real
Da selva animal.

Não serão homens a proteger
Qualquer ponto do planeta
Á sua volta só destruição...

No âmago dos sons silvestres
De pássaros e espíritos elementares
Presente, representa conservação
A Deusa Amazônica!

Não tenha pouca fé
Amazônia Deusa
Se auto preservará...



Santiago Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Colagens com Papel

O Jardim